15.1.15

Espaço co-working para mães (q levam os filhos)

conteúdo também disponível em http://www.futenautas.com.br/releases/casadeviver/
 
 
Mães empreendedoras criam solução para voltar ao mercado de trabalho São Paulo, 13 de janeiro de 2014 – Já é possível ser mãe e trabalhar fora sem qualquer conflito de interesses entre as duas nobres funções. Localizada no bairro da Vila Mariana (zona Sul da capital paulista) a 350 m da estação de metrô, a Casa de Viver (www.casadeviver.com.br) será inaugurada com um coquetel de boas-vindas no próximo dia 6 de fevereiro, a partir das 16h (horário de Brasília), e abre as portas para receber os primeiros clientes três dias mais tarde, às 8h do dia 9. A proposta da startup é acabar com a fragmentação da relação familiar quando a mãe precisa ou se propõe a voltar ao mercado de trabalho.

O funcionamento do local é semelhante ao de qualquer espaço de coworking: o cliente contrata planos com horas de utilização de postos de trabalho. Como diferencial e sem custo adicional, poderá levar consigo os filhos – o que permitirá a uma mãe ou um pai participar de perto de todos os momentos do dia, desde a papinha até a hora da soneca. A privacidade é garantida por dois ambientes distintos dentro da mesma casa e também pelo veto da presença das crianças no ambiente corporativo.

Na Casa, um sobrado de 170 m² com recepção e dois andares, os clientes terão espaço profissional de trabalho agregado a uma área de recreação para crianças. O ambiente abrigará um salão principal destinado ao coworking e outras três salas para reuniões, atendimentos e demais atividades oferecidas no local –também há espaços de locação para cursos, aulas e workshops para adultos e crianças. Outras duas salas com brinquedos e recreação serão destinadas às atividades diárias dos pequenos, sob a supervisão de cuidadoras.

“A Casa de Viver visa a construção e o fortalecimento de relações. Podemos criar, empreender e encontrar apoio em uma estrutura em que todos podem experimentar o que é importante sem se desconectar da família, sem fragmentar sua essência, em contato com a comunidade que está criando uma nova forma de organizar a vida, a economia e as relações”, afirma Carina Lucindo Borrego, 35, idealizadora do espaço.

A Casa surgiu da insatisfação de Carina com a relação mães versus filhos versus mercado de trabalho. Empregada de um escritório de advocacia e descontente por ter de deixar todos os dias a filha Brigitte (então com 6 anos) por quase 12h na escola, a tradutora decidiu em 2013 estudar a viabilidade de um espaço de trabalho que permitisse a proximidade das crianças. Carina mergulhou em ideias e pesquisas ao longo dos últimos 18 meses, iniciou o planejamento do projeto e lançou a semente em rodas de conversas com outras mães e grupos de networking. Neste período também se tornou mãe de Clara, hoje com 4 meses.

Em discussões sobre o tema ao longo de 2014, a mentora da Casa conheceu a psicóloga Fernanda Santiago Torres, 36, que acabara de dar à luz o pequeno Theo. Em 2010, Fernanda deixou o emprego dos últimos 12 anos em uma agência de eventos e montou sua própria agência, com o objetivo de participar mais de perto da criação da primogênita Lívia (atualmente com 4 anos). A experiência administrativa de Fernanda clareou as ideias de negócio e a soma das competências profissionais das duas mães transformou o projeto em empreendedorismo.

Com poucos recursos próprios para investimento e sem investidores externos, as empreendedoras voltaram o foco para tirar do papel a Casa de Viver e dar vida à ideia. Com o avanço das etapas do planejamento surgiu a necessidade de dividir trabalho e expectativas com uma terceira integrante. Na primeira visita ao local que hoje abriga a Casa, Carina e Fernanda conheceram Thaty Garcia Annechini, 40, mãe de Luísa (6) e Danilo (3 anos). A engenheira soube do projeto através de grupos de discussão na internet e se encantou com a proposta, que convergia plenamente com suas expectativas pessoais.

Os pacotes promocionais oferecidos pela Casa de Viver contemplam horas mensais de coworking. “A casa se destina a acolher o trabalho compartilhado, mas também está aberta a oportunidades de aprendizado e autodesenvolvimento pessoal e profissional, rodas de conversa, networking, diversão e crescimento”, completa Carina.

Empresas interessadas no projeto também poderão contratar e oferecer postos fixos na Casa de Viver para suas profissionais em retorno de licença-maternidade, que vivem o dilema de manter o emprego sem deixar de lado os cuidados nos primeiros meses de vida do bebê. Esse é o momento em que o acolhimento materno é de fundamental importância no desenvolvimento do bebê.

CROWDFUNDING – Com o objetivo de arrecadar recursos para mobiliar e equipar a Casa de Viver, o site Kickante disponibilizou em dezembro de 2014 uma campanha de crowdfunding através do endereço www.kickante.com.br/casadeviver. São 11 diferentes valores de doação e recompensas, que contemplam desde o nome do doador em um mural na Casa (por R$ 20) até um pacote empresarial de 8 meses de coworking em período integral para uma pessoa (doação de R$ 7.600). A campanha se encerra em 16 de março.



SERVIÇO
CASA DE VIVERhttp://www.casadeviver.com.br/
Rua Afonso Celso, 140 – Vila Mariana, São Paulo/SP. CEP: 04119-000.
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: seg. a sex. das 8h às 18h, a partir de 9/2/2015.
PREÇOS: 5 horas de coworking: R$ 50,00; mensal em período integral: R$ 950 (8h/dia). Consulte demais planos. Preços especiais para adesões até 6/2/2015.


REDES SOCIAIS
FACEBOOK: http://facebook.com/CasaDeViver/
TWITTER: http://www.twitter.com/CasaDeViver/
INSTAGRAM: http://instagram.com/CasaDeViver/
GOOGLE+: https://plus.google.com/+CasaDeViverBr
NO YOUTUBE: https://www.youtube.com/watch?v=2qimSVYnagI
NO GOOGLE MAPS: @-23.592618,-46.6353063
 

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA
Carina Lucindo Borrego – carina@casadeviver.com.br
F.: (11) 99568-5978
Fernanda Santiago Torres – fernanda@casadeviver.com.br
F.: (11) 96557-7788
Thaty Annechini – thaty@casadeviver.com.br
 

ASSESSORIA DE IMPRENSA
Gabriel Souza Elias  – gabris@uol.com.br – MTB: 31.872/SP
F.: (11) 98282-7770 / (11) 3207-9285
 

Nenhum comentário: